Mostrando postagens com marcador Davi Silva. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Davi Silva. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 30 de abril de 2021

Jornalista de Dracena quer apuração e punição de forma justa na CEI da vereadora Sara Scarabelli





Veja também:
Câmara Municipal de Dracena abre Comissão Processante contra vereadora acusada de desrespeitar isolamento social >>>



Leia o comentário da Sra. Gabi Gonçalves em sua página no Facebook:
"Quem acompanha caso da vereadora que estava em isolamento e transitava na cidade com covid, sabe que esta rolando uma comissão processante na câmara para a cassação do mandato da mesma.
Sou uma das testemunhas e hoje fui prestar depoimento.
E nao tinha a intenção de vir publicamente mais uma vez falar nada, PORÉM, depois de tudo oq houve dentro da camara municipal durante a minha versão dos fatos, "INDIGNADA" vou falar SIM.
Primeiramente ao entrar e ficar diante da comissão processante fiquei constrangida em ver a vereadora no local, onde ao meu ver inibe de talvez eu como testemunha me expressar, mas não querendo causar nenhum transtorno segui com minha postura e com toda minha calma e discernimento.
Fui submetida a perguntas que já tinham sido feitas pela policia e estava em paz em todas minhas respostas.
Quando a TAL VEREADORA começou a gritar dentro da câmara me ofendendo, e me chamando de mentirosa e afirmando que eu estava recebendo dinheiro pra ser testemunha.
Ela alem de ser errada ao invés de tentar de alguma forma se redimir, fez escândalo e foi expulsa da câmara.
Me deixou nervosa e constrangida, pq cidadã não posso ir de livre e espontânea vontade esclarecer uma coisa na qual eu presenciei, pq alguem me pagaria, sendo que não tem só eu de testemunha. 
Ninguém precisa me pra eu executar meu direito de cidadã.
Perdi meu tio pro covid, varias pessoas que a gente ama e conhece morrendo e uma pessoa com virus positivo andando livremente qdo deveria estar isolada.
Enfim temos provas suficiente agora só estamos aguardando que justiça seja feita." (Grifo nosso)




terça-feira, 13 de abril de 2021

A Câmara de Dracena e a instalação de Comissão Processante

A Câmara Municipal Dracena, em sessão desta segunda (12) deu parecer aprovado para a instalação a Comissão Processante contra contra a vereadora Sara Scarabelli parecer rejeitado ao acolhimento da denúncia contra Davi da Silva por quebra de decoro parlamentar e abuso de poder


"DISCUSSÃO E VOTAÇÃO ÚNICA DO PARECER DA COMISSÃO PROCESSANTE Nº 02, constituída pelos vereadores Danilo Ledo dos Santos, presidente; Júlio César Monteiro da Silva, relator; e Luis Antonio de Oliveira Cavalcante, membro, instalada nos termos Decreto-Lei nº 201, de 27/02/1967, do Regimento Interno da Câmara, e da Lei Complementar 017/93, de 22 de abril de 1993, a partir do acolhimento da denúncia contra o vereador Davi Fernando da Silva, por quebra de decoro parlamentar e abuso de poder. - Parecer aprovado pela maioria, com voto contrário da vereadora Maria Aparecida da Silva Gasques Mateus"


"DISCUSSÃO E VOTAÇÃO ÚNICA DO PARECER DA COMISSÃO PROCESSANTE Nº 01, constituída pelos vereadores Célio Antonio Ferregutti, presidente; Victor Silva Almeida Palhares, relator; Rodrigo Castilho Soares, instalada nos termos Decreto-Lei nº 201, de 27/02/1967, do Regimento Interno da Câmara, e da Lei Complementar 017/93, de 22 de abril de 1993, a partir do acolhimento da denúncia contra a vereadora Sara dos Scarabelli Souza. - Parecer rejeitado com votos contrários dos vereadores Danilo Ledo dos Santos, Júlio César Monteiro da Silva, Luis Antonio de Oliveira Cavalcante, Maria Aparecida da Silva Gasques Mateus, Sidnei da Silva Contelli e Claudinei Millan Pessoa."

(Fonte: Pauta da sessão 
11ª Sessão Ordinária - Fotos: Câmara de Dracena)

Veja a sessão que deu origem clicando aqui >>>









terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Comentário do dia - Vereador diz para prefeito de Dracena que "vereador não é consultoria"

Vereador de Dracena, Davi Silva, diz para o prefeito André Lemos que "vereador não é consultoria do Sr., não" e que ele (André) deve primeiro consultar sua assessoria, enquanto Pedro Trabuco, substituto do vereador eleito Rodrigo Parra, tentou "livrar a cara" do prefeito e, usando o vernáculo que lhe é peculiar, disse que: "em dois, três meses, ele (André), amadurecendo na prefeitura "as coisas vai" chegar "aonde" tem que chegar".

Vale lembrar que Davi Silva/DEM, fez parte da coligação do então candidato eleito e, que, do partido deste (Patriota), recebeu a quantia de R$ 67,50, para ajuda em sua campanha. Davi demonstra assim que, nem por isto, deverá "ficar nas mãos" do prefeito porém, acho que ainda é cedo para se analisar as ações do Executivo.  

Ouça todas as falas no site do Amorim Sangue Novo, clicando aqui >>>