quarta-feira, 1 de julho de 2020

Comportamento: Blogueira pode pagar R$ 50 mil em multa por fala preconceituosa



"Em uma de suas postagens nas redes sociais, em março deste ano, a influenciadora digital Lara Nesteruk disse que preferia não contratar mulheres que desejam ter filhos, que "com tudo isso de direito" não seria possível empregar mais profissionais e que a quantidade de leis trabalhistas que há no Brasil é um problema.
Agora, após receber várias denúncias sobre o vídeo, o Ministério Público do Trabalho de São Paulo determinou que a blogueira terá de publicar uma retratação, que ficará no ar por 24h a partir das 13h desta quarta-feira (1°). Caso descumpra a decisão, a influencer será multada em R$ 50 mil.
Lara assinou um documento em 16 de junho, assumindo a divulgação de um anúncio com teor publicitário, com mensagens de combate à discriminação no trabalho. Ela ainda deve deixar de anunciar empregos com referência de religião, gênero, etnia, estado civil, cor ou qualquer outra forma discriminatória."

Nenhum comentário: