sábado, 27 de junho de 2020

O poema nosso de cada dia - Mentira de Amor

Imagem ilustrativa

Querem saber afinal
Qual a solução
Querem saber o final
Daquela paixão
Daquele grande amor
Que a todos interessou
Querem saber qual o final
Da nossa união
Já que o tempo passou?

Então lhes digo a sorrir
Que em meu coração
Que palpitava por ti
Tudo em afeição
Hoje outro ocupa o lugar
Que o seu amor ocupou
Já que entre nós nada existe
Que nada nos une
O nosso amor terminou.
Tudo mentira.
O meu sorrir não condiz
Com meu viver isolado e tristonho
Sou muito infeliz.

Tudo mentira eu bem sei
Sempre te adorei
Indiferente hoje estou
Aparentemente.

Passo por si sem olhar
Deus testemunha porém
Que a vontade maior
Que meu peito abrir
É te abraçar,te beijar.

(Lourival Faissal / Gustavo De Carvalho)

Ouça na voz de Dalva de Oliveira clicando AQUI >>>

Nenhum comentário: