quarta-feira, 20 de março de 2019

Mauro Bragato quer CPI para apurar fake news nas últimas eleições


"Eles sempre buscam blindar, trancar a porta das investigações", afirmou o deputado Ênio Tatto. O PSDB domina o governo paulista e a Assembleia há mais de 20 anos.

Tatto aponta outra inovação deste ano: o fato de o PSDB ter protocolado CPIs de deputados de outros partidos também. O PT irá questionar o procedimento.
Segundo Tatto, ainda é possível instalar a CPI da Dersa antes das demais, mas é preciso que isso seja aprovado por 48 deputados em plenário.
CPIs protocoladas pela base do governo 
1. Investigar a real situação da barragem Salto Grande, em Americana - Roberto Morais (PPS)
2. Venda irregular de animais - Bruno Ganem (PODE)
3. Irregularidades na gestão da Fundação Remédio Popular - Edmir Chedid (DEM)
4. Irregularidades na gestão das universidades públicas - Wellington Moura (PRB)
5. Irregularidades na prestação de serviços de táxi aéreo - Rogério Nogueira (DEM)
6. Irregularidades na contratação e prestação de serviços de transporte escolar - Coronel Telhada (PP)
7. Violência sexual nas universidades - Maria Lúcia Amary (PSDB)
8. Situação das condições de segurança dos alojamentos de clubes esportivos - Delegado Olim (PP)
9. Quarteirização nos contratos firmados pelo estado com entidades do terceiro setor - Edmir Chedid (DEM)
10. Fake news nas últimas eleições - Mauro Bragato (PSDB)
11. Cobrança de aluguéis em moradias irregulares - Marcos Zerbini (PSDB)


Nenhum comentário: