domingo, 31 de março de 2019

Comentário do dia - 31/03/19

Bolsonaro e sua trupe e SBT do Seu Silvu, mera coincidência ou a farinha está no mesmo saco?

Quem está habituado a assistir as entrevistas do governo atual e de seus aliados e secretários, sendo a última neste sábado (30) com o ministro Onyx Lorenzoni,  já deve ter percebido que há sempre exclusividade para o canal do Sílvio Santos, eventualmente para a Rede Record e raramente para algumas outras emissoras. 

Por coincidência, o deputado Fábio Faria/PSD, marido de Patrícia Abravanel, suspeito de receber recursos da Odebrecht Ambiental via caixa 2 para abastecer sua campanha eleitoral em 2010, segundo inquérito autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF e que em 2009, teve seu nome citado no escândalo da Farra das Passagens, onde deputados teriam usado a cota de passagens aéreas bancadas pelo dinheiro público para fins pessoais. Fábio teria usado a cota para enviar passagens para os atores Kayky Brito, Sthefany Brito e Samara Felippo participarem do carnaval fora de época em Natal, do qual ele possui um camarote muito frequentado pelas celebridades. Também utilizou a cota parlamentar para pagar sete viagens para a ex-namorada, a apresentadora de televisão Adriane Galisteu, e a mãe dela, Emma Galisteu, entre 2007 e 2008, juntamente com seu partido, deu apoio ao Bolsonaro.

Já em 13 de dezembro de 2018, Sílvio Santos, em sua casa, juntamente com seu genro almoçaram com o já eleito presidente, Jair Bolsonaro.
Mera coincidência ou por trás há algum..."mistériooo" como diria um personagem de novela?

De qualquer maneira vale lembrar que o Seu Silvu também já se mostrou a favor da Reforma da Previdência que, em sua forma, beneficia as instituições financeiras, durante o mandato do ex-presidente Temer, sendo que em matéria do Gazeta do Povo, apareceu junto ao Temer e Moreira Franco presos até a última segunda (25).

(Amorim Sangue Novo)





Matéria relativa:
Teria Temer "comprado" o Sílvio Santos? >>>
Imagem relativa:


Nenhum comentário: