quinta-feira, 18 de junho de 2020

Utilidade pública: Prefeitura de São Paulo lança campanha contra violência doméstica





"A Prefeitura de São Paulo lançou, nesta semana, uma campanha de prevenção à violência doméstica durante a pandemia. Com projeto criado através da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), o lançamento traz ações de suporte às mulheres em situação de vulnerabilidade.

Durante o período de isolamento social, os casos de feminicídio aumentaram 41,4% no estado de São Paulo, enquanto a média nacional foi de 22,2%. Com isso, houve também a diminuição na procura pelos serviços de socorro às vítimas.

O pacote de medidas foi feito para agilizar o atendimento nos canais 156 e 180 e para ampliar a divulgação desses serviços, que estão em funcionamento na quarentena. Houve capacitação de escuta qualificada no telefone, com 60 mulheres como atendentes.

Além da ajuda com atendimento, o pacote ainda garante disponibilização de vagas em quartos de hotéis para as mulheres em situações de risco, com auxílio-hospedagem no valor de R$ 400.

A campanha "Fique em casa, mas não sofra calada" é divulgada nas redes sociais como uma rede de apoio necessária na pandemia."

Nenhum comentário: