terça-feira, 23 de julho de 2019

Conheça Jair Bolsonaro - 04

Desempenho eleitoral e Candidatura à Presidência

Desempenho
Nas eleições de 1990, Jair Bolsonaro obteve 67.041 votos pelo Partido Democrata Cristão (PDC), elegendo-se deputado federal pela primeira vez. Em 1994, obteve 111.927 votos pelo Partido Progressista Reformador (PPR).[74] Em 1998, obteve 102 903 votos pelo Partido Progressista Brasileiro (PPB).[75] Em 2002, obteve 88 945 votos, também pelo PPB. Em 2006, obteve 99.700 votos pelo Partido Progressista (PP). Em 2010, também pelo PP, obteve 120.646 votos. Reelegeu-se pela última vez em 2014, como o deputado federal mais votado do Rio de Janeiro com 464.572 votos, pelo Partido Social Cristão (PSC). Em fevereiro de 2017, Bolsonaro concorreu pela terceira vez ao cargo de presidente da Câmara dos Deputados, obtendo apenas quatro votos. Ele já disputara o mesmo cargo em 2005 e 2011, tendo sido derrotado em todas essas tentativas. Em 2017, foi considerado pelo instituto FSB Pesquisa o parlamentar mais influente nas redes sociais. Desistiu de tentar uma oitava reeleição a fim de disputar a Presidência da República em 2018.

Candidatura em 2018
Jair Bolsonaro candidatou-se à presidência da República Federativa do Brasil pelo Partido Social Liberal nas eleições presidenciais de 2018 com General Mourão (do PRTB) como vice, na coligação "Brasil acima de tudo, Deus acima de todos". Sua candidatura, que tinha duas contestações, foi deferida por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral(TSE).
Jair Bolsonaro foi o primeiro candidato à presidência a alcançar o valor de um milhão de reais em doações para campanha eleitoral por meio do financiamento coletivo. O valor foi alcançado após 59 dias do início da campanha de arrecadação, em 5 de julho, arrecadando-se em média 17 mil reais por dia. Em 23 de agosto, iniciou sua campanha, gozando de forte proteção policial e usando colete à prova de balas. Gustavo Bebianno, então presidente do PSL, declarou à UOL que Jair Bolsonaro estava em nível máximo de risco.

Nenhum comentário: