terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Comentário do dia – 26/02/19

A pergunta que não quer calar – Cadê o Queiroz?

Como sabemos o ministro Marco Aurélio, rejeitou desde o dia 1º próximo passado, a reclamação do senador eleito Flávio Bolsonaro e devolveu para a primeira instância a investigação que apura movimentações financeiras atípicas de seu ex-assessor Fabrício Queiroz, contudo por varias vezes Queiroz foi intimado prestar depoimento e a  informação sobre uma de suas ausências partiu do procurador-geral de Justiça do estado, Eduardo Gussem o qual se limitou a dizer “ele não veio. Não veio depor”.
Caso como este me faz lembrar que por muito menos já vimos caso de
condução 
coercitiva, inclusive questionadas pela sua legalidade, o que me faz pensar se não há algum “protecionismo” ou até medo de terceiros para que o mesmo solte a língua de modo a prejudicar a sua reputação ou de terceiros e, ao tempo fico matutando de ao invés de um assessor de um membro do clã Bolsonaro fosse o Zé e já prevejo que somente dois direitos (ic) do desinfeliz seriam respeitados, primeiro o do de levar safanões, segundo o de servir aos “negrões” 
(Amorim Sangue Novo)

Nenhum comentário: